Sem projeto para acabar com alagamento no Jardim Nova Barra, secretário de Planejamento Urbano espera solução do DNIT

por Konrad Felipe / Assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças — publicado 22/02/2018 18h25, última modificação 22/02/2018 19h13
O requerimento 9/2018 de autoria da Mesa da Câmara foi aprovado por unanimidade durante a primeira Sessão de 2018 realizada no dia 5 de fevereiro. O requerimento solicitava o comparecimento dos secretários de Obras e Planejamento Urbano para participarem da sessão e esclarecer sobre os constantes alagamentos no bairro Jardim Nova Barra.

Na noite de segunda-feira (19/2) foi realizada uma reunião no anexo da câmara, mas apenas com a presença do secretário de Planejamento Urbano, Agvailton Alves, que logo antes do esclarecimento disse não ser político. “Eu só vou em inauguração porque sou obrigado a ir, porque a minha parte é técnica administrativa. Hoje eu me sinto muito mal de estar aqui na presença de vocês, porque a Secretaria Municipal está de portas para a tender os vereadores, porque eu dou a importância que vocês têm. O município não tem condições de bancar o sistema de drenagem adequado, estamos esperando ajuda do DNIT e da Engeforte, que são responsáveis pela obra do rodoanel”.

Perguntado sobre o custo da obra, o secretário disse que dependeria da dimensão. “O custo da execução vai depender se a obra é ideal ou ótima. O mínimo que esperamos é o ideal com uma boa drenagem, isso estaria em torno de R$ 3 milhões”.

A reunião teve a participação de todos os vereadores que pediram a apresentação do projeto para solução dos alagamentos da Avenida Amazonas no Jardim Nova Barra. “Nós vereadores estamos nos reunindo com o secretário para dar uma explicação cabível aos moradores daquela localidade. Vamos encaminhar o pedido ao DNIT para que ele se pronuncie sobre essa obra”, comenta o vereador, Dr. Neto (PSB).