Projeto de lei torna obrigatória a disponibilidade de cadeira de rodas nos estabelecimentos públicos e privados

por Konrad Felipe/Assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças — publicado 28/06/2016 17h05, última modificação 28/06/2016 17h17
Foi aprovado por unanimidade na noite de segunda-feira (27/6) o projeto de lei 025 de autoria do vereador Mandioquinha (PDT) que torna obrigatória a disponibilidade de cadeira de rodas nos estabelecimentos públicos e privados.

Foi aprovado por unanimidade na noite de segunda-feira (27/6) o projeto de lei 025 de autoria do vereador Mandioquinha (PDT) que torna obrigatória a disponibilidade de cadeira de rodas nos estabelecimentos públicos e privados.

A lei frisa que supermercados, restaurantes, bancos, e demais instituições comerciais que oferecem seus serviços ao público, deverão disponibilizar cadeiras de rodas para atender às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

“Nosso projeto tem o objetivo de facilitar a vida das pessoas com mobilidade reduzida ou cadeirantes, quando os mesmos vão utilizar serviços dos estabelecimentos comerciais de todos os gêneros, ou repartições públicas, em face às limitações torna-se difícil a acessibilidade aos produtos e serviços”, justificativa.