Projeto de lei declara de utilidade pública entidade Eco-etno-socio-culturais

por Konrad Felipe/Assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças — publicado 29/11/2016 13h50, última modificação 29/11/2016 16h42
Foi aprovado por unanimidade na noite de segunda-feira (28/11) durante a 158ª sessão da Câmara de Barra do Garças, o projeto de lei 043/2016 de autoria do vereador Dr. Paulo Raye (PMDB) que declara de utilidade pública municipal a “Federação Matogrossense de Organizações Eco-Étno-Sócio-Culturais, Desportivas, Turísticas, Direitos Humanos e de proteção à vida/FEPROVIDA”.

Foi aprovado por unanimidade na noite de segunda-feira (28/11) durante a 158ª sessão da Câmara de Barra do Garças, o projeto de lei 043/2016 de autoria do vereador Dr. Paulo Raye (PMDB) que declara de utilidade pública municipal a “Federação Mato-grossense de Organizações Eco-Etno-Socio-Culturais, Desportivas, Turísticas, Direitos Humanos e de proteção à vida". 

A organização tem por missão atuar nas áreas eco culturais, hidro ambientais, científica e socioeducativas, especialmente indígena e afro-brasileira, alicerçada nos pilares da ética, respeito pela vida, liberdade, direitos humanos, etno/cultural e afins.

Em seu discurso, o vereador ressaltou a importância da utilidade pública da instituição. “Uma instituição como essa só agrega pontos positivos para nossa cidade. O reconhecimento do valor cultural, ambiental, científico e educativo da entidade em questão é de muita importância”.