Câmara realiza sessão solene de entrega de título de cidadania barra-garcense e recebe troféu EMHA

por bag — publicado 02/05/2018 13h15, última modificação 02/05/2018 19h01
A Câmara de Barra do Garças realizou na noite do dia 25 de abril, no hotel Odara, sessão solene de entrega de título de cidadania barra-garcense. A Câmara outorgou título de cidadania ao senhor Otavio Olavo Pivetta, através do Projeto de Resolução nº 16/2017 de autoria de todos os vereadores.

A sessão foi presidida pelo vereador Murilo Valoes (PRB) e secretariada pelo vereador Pebinha (PDT). Fizeram parte da Mesa o prefeito de Barra do Garças e o vereador Tião da Sorveteria (PSDB).

O vereador Murilo Valoes justificou a outorga do título de cidadania ao agraciado. “O Pivetta foi uma pessoa muito importante para que o Atacadão viesse a se instalar em nossa cidade. Nada mais simbólico do que um título de cidadania, é a honraria máxima da nossa Casa, é o reconhecimento às pessoas que contribuem com a geração de emprego e o desenvolvimento do nosso município”.

Além do título, a Câmara entregou seis moções de aplausos aos senhores: Ronaldo Silva; Cássio Santos Libânio; João Luiz Dias Brandão; Lucas Morais da Silva Campos; Jair Rodrigues e Ramiro Azambuja, em razão da participação na construção do Atacadão.

Após a sessão, a EMHA – Construtora e Incorporadora S.A. - homenageou a Câmara de Barra do Garças através do troféu EMHA, em agradecimento ao apoio da Câmara com os empresários.

Biografia do agraciado

Otavino Olavo Pivetta é natural de Caiçara-RS, nasceu no dia 10 de maio de 1959, mais conhecido como Pivetta, é um empresário, agropecuarista e político brasileiro, ex-deputado estadual e ex-prefeito do município de Lucas do Rio Verde.

Terceiro dos sete filhos do ex-prefeito e caminhoneiro Tilídio José Pivetta e da professora e catequista Margarida Gelmina Faccin Pivetta. Sua história com as terras mato-grossenses começou em 1982 quando mudou-se para Lucas do Rio Verde, desde então se dedicou ao ramo da agricultura e ao movimento comunitário. Como empresário rural, investiu na produção arroz, soja, algodão, milho, suínos e bovinos. Tais atividades o levaram a criar a Vanguarda do Brasil S.A, que posteriormente se tornou a Vanguarda Agro S.A, hoje considerada a maior empresa do ramo no país.

Em 1997, assumiu o cargo de prefeito de Lucas do Rio Verde sendo reeleito em 2000 e eleito novamente em 2013. Usando a visão empresarial, Otaviano implantou o sistema de gestão de resultados. Sob sua liderança, Lucas do Rio Verde se tornou uma das melhores cidades do Brasil em qualidade de vida, com destaque para o desenvolvimento econômico, educação, saúde, habitação, saneamento básico e infraestrutura de urbanização.