Centro de reabilitação entrega aparelhos auditivos em Barra do Garças

por Secom-BG — publicado 01/06/2016 13h14, última modificação 01/06/2016 13h14
Com atendimento diário de aproximadamente 150 pacientes o Centro Especializado de Reabilitação vem ampliando sua estrutura no atendimento a crianças, idosos, indígenas, cadeirantes e hoje é uma referência regional em reabilitação física e auditiva. Somente em 2016 foram entregues 34 aparelhos auditivos junto ao CRIDAC para pacientes com deficiência parcial e aguda, “Atualmente somos referências para 32 municípios e está no processo licitatório o projeto para aquisição de cadeira de rodas e 1.080 novos aparelhos auditivos, recentemente o CER II passou por uma ampla reforma na estrutura física e também com novos equipamentos, e temos a proposta para a construção do Centro de reabilitação em sede própria já bastante adiantado”, destacou o Diretor Administrativo Carlos Roberto.

Com atendimento diário de aproximadamente 150 pacientes o Centro Especializado de Reabilitação vem ampliando sua estrutura no atendimento a crianças, idosos, indígenas, cadeirantes e hoje é uma referência regional em reabilitação física e auditiva. Somente em 2016 foram entregues 34 aparelhos auditivos junto ao CRIDAC para pacientes com deficiência parcial e aguda, “Atualmente somos referências para 32 municípios e está no processo licitatório o projeto para aquisição de cadeira de rodas e 1.080 novos aparelhos auditivos, recentemente o CER II passou por uma ampla reforma na estrutura física e também com novos equipamentos, e temos a proposta para a construção do Centro de reabilitação em sede própria já bastante adiantado”, destacou o Diretor Administrativo Carlos Roberto.

A coordenadora Dinomar da Silva Cruz falou dos avanços no atendimento à população, “houve um avanço na melhoria do atendimento também com programas como o ‘Melhor em casa’ em que a equipe vai até a casa do paciente fazer o atendimento e o ‘saúde sem limite’, em que uma van adaptada para pessoas com mobilidade reduzida, busca e leva o paciente para fazer o tratamento”. O atendimento conta com equipes de fisioterapia, Fonoaudiologia, assistência Social, enfermagem, psicologia, terapeuta ocupacional e técnicos de farmácia.