Projeto de Lei Complementar deve liberar trabalho de locutores de loja

por Konrad Felipe /Assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças — publicado 31/03/2017 15h35, última modificação 31/03/2017 16h31
Os locutores de loja receberam uma boa notícia depois da 7º sessão da câmara realizada na última segunda-feira (27/3). É porque foi aprovado por unanimidade o projeto de lei complementar nº 04/2017 de autoria do vereador Dr. Paulo Raye (PMDB), que altera a lei complementar nº 127/2010 que trata do Código de Postura.

Os locutores de loja receberam uma boa notícia depois da 7º sessão da câmara realizada na última segunda-feira (27/3). É porque foi aprovado por unanimidade o projeto de lei complementar nº 04/2017 de autoria do vereador Dr. Paulo Raye (PMDB), que altera a lei complementar nº 127/2010 que trata do Código de Postura.

A alteração sobe o limite máximo de 45 dB para 70 dB a emissão de sons e ruídos dos estabelecimentos comerciais, contribuindo com a liberação do serviço dos locutores de loja, impedidos de trabalhar desde a notificação recomendatória expedida pela justiça.

“Estamos atendendo um pedido de muitos comerciantes que utilizam sistema de som, para propaganda de suas lojas, que sugerem a mudança no nível de decibéis, com finalidade de melhorar sua comunicação com o público, fortalecendo suas vendas e o emprego dos locutores de loja, os mais prejudicados”, justifica o vereador. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.