Instituto de deficientes auditivos ganhará sede em Barra do Garças

por Secom/BG — publicado 18/02/2016 17h43, última modificação 18/02/2016 17h43
Um grupo de deficientes auditivos esteve na terça-feira (16/2) reunido com o prefeito Roberto Farias pleiteando uma ajuda para abrir uma sede para o Instituto de Promoção Social, Cultural e Educacional dos Pais e Amigos dos surdos do Vale do Araguaia (IPASVA).

Um grupo de deficientes auditivos esteve na terça-feira (16/2) reunido com o prefeito Roberto Farias pleiteando uma ajuda para abrir uma sede para o Instituto de Promoção Social, Cultural e Educacional dos Pais e Amigos dos surdos do Vale do Araguaia (IPASVA).

A presidente Caroline Neves Paiva, 26 anos, disse ao prefeito que hoje em Barra do Garças existem 902 pessoas com dificuldades na audição e que a maioria enfrenta dificuldades para inserção no mercado do trabalho e o IPASVA foi criado para auxiliar essas pessoas.

O prefeito Roberto Farias recebeu os integrantes do IPASVA na sala de reuniões da prefeitura e disse que o município está disposto ajudar o instituto. A criação deste instituto irá fortalecer esse segmento social de pessoas dedicadas e que merecem todo carinho da sociedade. A prefeitura se comprometeu a ajudar alugando um imóvel para sede do instituto.

O grupo de deficientes auditivos estava acompanhado da professora e interprete de libras Marli Ramos e do interprete de libras Lucas Baracho. O Instituto IPASVA foi criado no ano passado e sua presidente Caroline é universitária e mora no bairro Campinas em Barra do Garças.

A próxima reunião para tratar deste assunto está marcada para segunda-feira dia 22/2. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.